A influência da luz

Primeiro conselho de bom senso: é absolutamente necessário ponderar, imaginar e escolher as cores da arquitectura que pretende pintar à luz natural, ou seja, em pleno dia.

Efectivamente, conforme as diferentes fontes de luz, a cor irá desenvolver diferentes facetas da sua personalidade e poderá ficar surpreendido com o resultado. A percepção de uma cor sob a luz solar, a luz do dia, é obrigatória. Assim sendo, nunca escolha uma cor de tinta sob iluminação eléctrica, a temperatura da luminosidade emitida por fontes de luz (néon, halogéneo, lâmpadas economizadoras...) produz um resultado que poderá ser particularmente desconcertante.